Diabetes: Como se cuidar e manter a qualidade de vida

diabetes-cuidados

A diabetes é uma doença que cresce no mundo todo, inclusive no Brasil. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde no ano passado, o número de brasileiros diagnosticados com diabetes cresceu 61,8% nos últimos dez anos. Se em 2006, 5,5% da população brasileira era diabética, em 2006 esse número passou para 8,9%. Apesar de ser uma doença facilmente controlada com a dieta certa aliada a alguns cuidados como a prática de exercícios e um estilo de vida saudável, a diabetes é uma doença traiçoeira e sem cura que pode trazer muitas complicações se não tratada da maneira correta.

Problemas de visão, nos rins, aumento da pressão arterial e maior risco de incidência de doenças cardiovasculares como derrame e infarto são apenas algumas das complicações que a diabetes pode trazer ao paciente que não controla corretamente os níveis de açúcar no sangue após ser diagnosticado com a doença. Mas se você, ou alguém da sua família sofre com o diabetes, saiba que existem maneiras simples de se cuidar e de manter a qualidade de vida. Reunimos aqui algumas informações que podem te ajudar:

A diabetes:

A diabetes é uma doença crônica caracterizada pelo aumento dos níveis de açúcar no sangue e pela dificuldade do organismo em processar a glicose presente nos alimentos. Quando uma pessoa está com os níveis altos de açúcar no sangue, dizemos que ela está hiperglicêmica. A diabetes ocorre quando essa hiperglicemia é constante e o pâncreas, órgão responsável por produzir insulina, que é o hormônio que regula os níveis de açúcar no sangue, não consegue mais regular os níveis de glicose no organismo.

Quando a pessoa se torna diabética, o pâncreas pode tanto estar produzindo menos insulina que o necessário (diabetes tipo 2), quanto parar completamente de produzi-la, o que exige a suplementação do hormônio através de injeções (diabetes tipo 1).

Cuidados com o paciente diabético:

A diabetes é uma doença crônica e sem cura, mas que pode ser controlada com algumas medidas relativamente simples que podem melhorar bastante a qualidade de vida do paciente.

Manter uma dieta adequada:

Uma das partes mais importantes do controle da diabetes é manter uma dieta adequada. O paciente diabético deve procurar um nutricionista assim que descobrir a doença, para que ele possa orientá-lo sobre os alimentos corretos a se consumir para manter os níveis de açúcar no sangue controlados. Quem é diabético deve evitar doces em geral, mas também deve controlar o consumo de carboidratos, já que alimentos ricos em carboidratos se transformam em açúcar no corpo. Carboidratos complexos e alimentos integrais são escolhas mais acertadas para quem tem a doença.

Além disso, suplementos alimentares podem ser uma boa alternativa, desde que acompanhados pelo médico ou nutricionista.

Praticar exercícios físicos:

Outra medida importante para controlar o diabetes é praticar exercícios físicos. A prática de atividades físicas não só ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, como também atua na prevenção de possíveis complicações decorrentes da diabetes como o surgimento de doenças cardiovasculares.

Monitorar os níveis de açúcar no sangue:

O diabético também deve estar sempre atento e monitorando os níveis de açúcar no sangue. Atualmente isso pode ser feito em casa facilmente com a ajuda de medidores eletrônicos que podem ser adquiridos em farmácias ou em lojas de produtos hospitalares. Vale lembrar que o monitoramento dos níveis de açúcar é essencial já que níveis muito altos podem trazer complicações sérias, assim como açúcar muito baixo também pode levar a problemas graves.

Utilizar insulina e remédios corretamente:

A maioria dos diabéticos terá que usar remédios para ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue e alguns deles terão que recorrer à insulina. Em qualquer um dos casos é importante respeitar as doses recomendadas pelo médico e não se automedicar. No caso de diabéticos dependentes de insulina, é necessário tomar cuidado também com as seringas e agulhas utilizadas. Não reutilizar agulhas e seringas é importante para evitar qualquer tipo de complicação.

Fazer check-ups regulares:

Todo portador de doença crônica tem que fazer check-ups regulares. Com o diabético não é diferente. É importante ter o acompanhamento de um médico endocrinologista e fazer exames de rotina para se certificar de não ter nenhuma complicação. Exames oftalmológicos regulares também são bastante importantes já que a diabetes pode comprometer os vasos dos olhos e levar a problemas de visão.

Se você está procurando uma loja que seja especializada em produtos médicos para cuidados em casa, a Casa Médica é uma ótima opção. Possuímos os melhores equipamentos e uma equipe de profissionais pronta para te atender. Visite nosso site e saiba mais.