Aparelhos de fisioterapia e suas funções: conheça cada um!

fisioterapia é uma área muito importante para a saúde e bem-estar do corpo, ainda mais quando se fala em pessoas que sofreram lesões pelos mais diferentes motivos. Com o objetivo de tratar, restabelecer, curar e, muitas vezes, prevenir lesões, rompimentos de tendões e ligamentos, ossos quebrados, musculaturas machucadas, entre outras coisas.
Para atender em uma clínica, são necessários vários equipamentos, tanto para ajudar no diagnóstico e tratamento quanto para que o paciente sempre tenha o melhor à sua disposição durante todo o processo.
Assim, você conhece esses aparelhos de fisioterapia e suas funções? Sabe quais são essenciais? Hoje, a Casa Médica apresentará os mais importantes e em que eles ajudam para que você possa montar a sua clínica.
Acompanhe-nos para saber mais!

Equipamentos para clínica de fisioterapia: os 9 mais importantes

Como já dito, a fisioterapia ajuda a tratar muitos casos, cada um tem a sua particularidade e necessidade de tratamento. Alguns podem demorar meses ou anos, outros apenas duas ou três semanas, tudo depende do tipo de lesão.
Para poder oferecer o melhor atendimento a todos os pacientes que procuram uma clínica, é essencial que haja equipamentos certos. Além de ajudar em todo o caso, eles fazem com que o paciente tenha mais confiança no seu trabalho, afinal, ele consegue visualizar que a clínica está bem abastecida.
Separamos uma lista de equipamentos para clínica de fisioterapia que não podem faltar:
  • Aparelho para medir pressão arterial
esfigmomanômetro não pode faltar, mesmo não sendo, exatamente, um equipamento exclusivo da fisioterapia. Porém, como são realizados diferentes exercícios e procedimentos durante o atendimento, é essencial sempre verificar como estão os aspectos cardiovasculares do paciente.
Por exemplo, se é uma pessoa hipertensa, o profissional deve cuidar para que os exercícios não piorem a condição dela. Independente da necessidade do exercício, é essencial priorizar a saúde do indivíduo, ainda mais quando se fala de pressão, batimentos cardíacos e capacidade respiratória.
  • TENS – Terapia por Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea

Aparelho para medir pressão arterial

Quando falamos de fisioterapia dolorosa, geralmente aquela que mexe com dores crônicas ou agudas, é preciso que o TENS esteja presente, além de ser incrivelmente útil para recuperações de cirurgias e para tratar inflamações nos músculos.
Assim, o TENS é um neuro estimulador elétrico que, através de pulsos, ajuda a bloquear a dor quando os nervos e músculos precisam ser tratados. Ele costuma ser ótimo para pessoas que possuem bursite, artrose e fibromialgia, por exemplo.
O equipamento é colocado na pele e a intensidade elétrica é controlada conforme necessidades de cada paciente. Só profissionais especializados podem manuseá-lo, oferecendo mais segurança ao paciente.
  • Ultrassom
O ultrassom é muito usado, principalmente porque as ondas que o aparelho emite podem tratar muitos problemas, como espasmos, inflamações, luxações, além de oferecer diagnósticos, entre outras coisas. Assim como o TENS, sua frequência é adaptada a cada necessidade.
  • Divã ou cama hospitalar motorizada
Divã Beatrice Multi Regulagem Desmontável Marcos MóveisAmbos os itens têm a sua serventia quanto a aplicação de diferentes processos fisioterápicos, além de manter o paciente confortável durante o atendimento e oferecer mais praticidade para o profissional. A necessidade é de, independente de qual escolher, tenha motor para regulagem de altura, encosto, entre outras coisas.
  • Bola de exercíciosBola Bobath Pilates Multilaser
Mais um acessório do que um equipamento, a bola, ainda assim, é muito importante para os tratamentos. Ela é tão versátil que pode ajudar o paciente em vários tratamentos e prevenção de lesões através de exercícios variados.
Por exemplo, séries de exercícios que ajudam a fortalecer a parte inferior do corpo, ajudar no ajuste da postura, entre muitas outras coisas. Existem vários tamanhos e tipos, com composições diferentes, é por isso que, se você quer saber como montar um consultório de fisioterapia do modo correto, deve prestar atenção às recomendações do acessório e, talvez, ter mais de uma disponível.
  • Turbilhão
O turbilhão é muito usado na hidroterapia, um complexo de exercícios que ajuda a aliviar dores agudas e crônicas, entre outras questões, porque a pressão que a água aquecida faz promove o relaxamento muscular. Assim, o equipamento nada mais é do que um grande tanque de aço inox que possui um sistema próprio para aquecer a água e outras funcionalidades.
  • Faixas elásticas

Carci Band 1,5 Metros laranja

Também pendendo para o lado dos acessórios, um elástico é muito necessário em uma clínica de fisioterapia, porque ele ajuda em muitos exercícios de fortalecimento, resistência e mobilidade, além de ser fácil de usar.
Mas não se esqueça de verificar se a marca é realmente boa quando for comprar os equipamentos para sua clínica, além da resistência. Com certeza, não será nada agradável ter os elásticos arrebentando no meio de um atendimento.
  • Negatoscópio

Negatoscópio Ultra Slim Led Tomográfico Preto 40X52,5X0,7CM

O negatoscópio é um dos principais aparelhos usados na fisioterapia ortopédica, isso porque ele é um painel iluminado que é essencial para analisar exames de imagens com precisão, principalmente quando se fala de raio-x.
  • FES

Fes Vif 4 Canais 995-4 Tens + Fes Quark

Esse aparelho é indicado para realizar contrações musculares, de tecidos musculares paralisados ou fracos, ajudando no seu fortalecimento. Ele é usado em pessoas que sofrem de paralisia ou atrofia.
Assim como outros aparelhos, a intensidade e tempo de uso varia de paciente para paciente, além das áreas tratadas, e ele não pode ser usado com pessoas que fazem uso de marcapasso, por exemplo.
Esses são apenas alguns dos aparelhos de fisioterapia e suas funções. Você já sabia que esses eram os principais? Para conferir muito mais sobre equipamentos médicos, leia nossas publicações exclusivas!